Pular para o conteúdo.

Brad Snyder

Levando a coragem do campo de combate para as piscinas.
Nascimento 29 de fev. de 1984
Cidade natal Reno, Nevada, EUA
Esporte Natação paralímpica
JOGOS PARALÍMPICOS 2012, 2016

ALCANÇANDO O IMPOSSÍVEL

É na água que Brad Snyder se sente mais livre. Ele aprendeu a nadar na Flórida, quando ainda era bebê, e começou a competir aos 11 anos de idade. Mais tarde, Brad tornou-se capitão de sua equipe de natação na Academia Naval dos Estados Unidos.

“Penso que viver uma vida com deficiência visual, viver uma vida cega, viver uma vida escura é o que parecia impossível para nós nas semanas seguintes ao meu ferimento… O que descobri com as Paralimpíadas é que, embora eu não consiga enxergar, existe todo um mundo de coisas que eu ainda sou capaz de fazer.”

Quando se feriu no Afeganistão e voltou para casa, Brad precisou aprender a se virar na escuridão. Sua família o apoiou, ajudando aquele bravo soldado a fazer tarefas simples como comer, se vestir e achar o banheiro.

Abre aspas Desejo que [minha história] alcance a atmosfera e inspire a próxima geração de atletas a sonhar sobre estar no pódio paralímpico. Fecha aspas

Poucos meses após o início da recuperação, Brad decidiu voltar para as águas que já eram tão familiares a ele. Um ano após o dia em que perdeu a visão enquanto estava de serviço, ele subiu com orgulho no pódio paralímpico para levar o ouro para a equipe dos EUA. Entre os nadadores com perda total da visão, Brad é o atual recordista mundial dos 100 metros livre.

Hoje ele tem uma nova ambição: começar a praticar um segundo esporte e competir no paratriatlo nos Jogos Paralímpicos Tóquio 2020.

Pesquisa sobre o site

Após visualizar esse conteúdo, você acredita que a Toyota está no caminho para se tornar uma empresa de mobilidade?

Obrigado.